Home - Página Inicial Quem sou eu – Who I am - Quién soy yo? Recomendações - Recommendations - Recomendaciones Contato – Get in touch !  - Contacto  Centro Histórico  Primeiro Circuito  Segundo Circuito  Terceiro Circuito
Os Tradicionais
Os Imperdíveis
O Leve e o Gostoso
Mirantes e Praias
O Inesperado
Os Diferentes
As mulheres adoram
Os Homens vibram
Refúgios Ecológicos
Fora do Rio





O passeio, com o propósito de visitar o Centro Histórico do Rio de Janeiro, pode ser feito, sob medida, de acordo com a sua preferência: de metrô, à pé, de ônibus ... não importa... Não vale a pena contratar transporte. Caso bata o cansaço, há táxis.



O centro histórico foi o local ao redor do qual a cidade se desenvolveu. Foi dividido em três regiões, para facilitar a compreensão. Porém, o visitante pode escolher os locais pelos quais se sente atraído em qualquer uma dessas regiões, fazendo um roteiro customizado.


Passeio Público
O Passeio Público, antes uma lagoa (Lagoa do Boqueirão), foi a primeira praça arborizada do Rio de Janeiro. Inaugurada em 1783, obra de mestre Valentim, teve seus jardins remodelados por Auguste Glaziou e foi reinaugurado em 1860. Passou por outras reformas e agora, com 226 anos, encontra-se um pouco decadente.

Clique nas imagens para ampliá-las








Ícones Modernos
Se você gosta de arte, o Museu de Arte Moderna não fica muito longe dali e a Catedral São Sebastião também está bem perto. Vejam só:

Clique nas imagens para ampliá-las

E se for ao MAM, valerá a pena visitar o Monumento aos Mortos da II Guerra Mundial. Eles são vizinhos e ambos têm uma linda vista da Baía de Guanabara e do Pão de Açúcar.

Praça Floriano – Cinelândia
A Praça Floriano surgiu na primeira década do século XX. Um empresário, Francisco Serrador, empenhou-se em construir no Rio um empreendimento dedicado à diversão. O nome Cinelândia tornou-se popular nos anos 30. Naquela época, queríamos tanto imitar os franceses e a França, que o Theatro Municipal foi inaugurado na data da comemoração da queda da Bastilha. Já tivemos a estátua de Chopin de frente para o Theatro Municipal e hoje temos o nosso Carlos Gomes, ao lado do teatro, regendo o trânsito.

Clique nas imagens para ampliá-las

Conjunto Arquitetônico da Praça Floriano
(Cinelândia)

Além disso, a Praça Marechal Floriano possui um dos mais belos conjuntos arquitetônicos ao seu redor, que congrega tudo: o obelisco, o lindo chafariz da fundição Val D´Osne, o Cine Odeon, o Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal), o Monumento ao Marechal Floriano, o Theatro Municipal, o Museu Nacional de Belas Artes, a Biblioteca Nacional, o Palácio Pedro Ernesto (Câmara dos Vereadores). Dependendo do dia e do horário, pode-se visitar o hall de alguns desses prédios. A visita à parte interna do Theatro Municipal é feita com o guia do atrativo. As visitas à parte interna são sujeitas à confirmação. O teatro levou um ano e sete meses para ser restaurado e reabriu em maio de 2010.
Duração da visita ao teatro: 1h30, aproximadamente.

Clique nas imagens para ampliá-las

Museu Nacional de Belas Artes
Prédio em estilo eclético, projeto do professor da Academia Adolpho Morales de los Rios. A obra durou 4 anos e foi inaugurada em 1908. Os detalhes são luxuosos: pisos em delicados mosaicos e mármores franceses, vitrais em cristal, portões de entrada em bronze feitos em Hamburgo, na Alemanha, e medalhões ornamentais da fachada de Rodolfo Bernardelli.
Inspirado na ala Visconti do Museu do Louvre, em Paris, o Museu Nacional de Belas Artes merece esse nome. Museu e Escola de Belas Artes conviveram no mesmo prédio até 1972.
O acervo conta com 16.088 peças do século XVII ao XX, sendo que a produção do século XIX é completa, representada por artistas como Vitor Meireles, Agostinho da Mota, Pedro Américo, Almeida Júnior, Belmiro de Almeida, Rodolfo Amoedo, entre tantos outros.
No momento, nem todas as galerias estão abertas, pois o museu passa por amplas obras de restauração.
O museu não abre às segundas-feiras.

Clique nas imagens para ampliá-las

Conjunto arquitetônico do Morro de Santo Antônio
A Igreja e o Convento de Santo Antônio foram construídos em 1620, mas sofreram algumas modificações ao longo dos anos. A Igreja de Santo Antônio tem o seu altar-mor em estilo nacional português. Algumas intervenções alteraram a fachada original, que pode ser comparada à fachada mais antiga (veja fotos). Aproveitando essa oportunidade, poderemos visitar também a Igreja de São Francisco da Penitência, de 1748, que fica bem ao lado. Com uma bela portada em lioz, ostenta uma das mais requintadas decorações internas em estilo barroco luso-brasileiro. A Igreja de São Francisco da Penitência não abre nos finais de semana.
Duração da visita: 1h, aproximadamente.

Clique nas imagens para ampliá-las

Confeitaria Colombo
A Confeitaria Colombo fundada em 1894, por dois ilustres portugueses, ocupa o prédio atual há 92 anos. A decoração, estilo art-noveau, recebeu enormes espelhos de cristal da Antuérpia, cadeiras em palha e móveis trabalhados em jacarandá. O rei Alberto, da Bélgica e a rainha Elizabeth, da Inglaterra, já provaram do buffet da Colombo. O buffet para a Rainha da Inglaterra foi servido no Palácio Itamaraty (1968) e ela adorou o sorvete de bacuri. Vários presidentes brasileiros, escritores e compositores foram fregueses da casa, assim como elegantes damas da sociedade que não perdiam o chá das cinco. Muitas pessoas importantes ainda frequentam o lugar depois das compras. Podemos fazer o mesmo.

Clique nas imagens para ampliá-las

Real Gabinete Português de Leitura
Possui a mais valiosa biblioteca de autores portugueses do Rio de Janeiro. Projeto do arquiteto português, Rafael da Silva e Castro, em estilo neomanuelino. A fachada foi trabalhada em lioz, trazido de Portugal. As cinco primeiras seções solenes da Academia Brasileira de Letras, presididas por Machado de Assis, foram realizadas no local. Tem cerca de 350.000 volumes e o seu interior é surpreendentemente elegante e respeitoso. Tem sido cenário de novelas, comerciais de televisão e anúncios de revistas. Aberto de segunda a sexta.
Duração da visita: 20 min, aproximadamente.

Clique nas imagens para ampliá-las

Bar Luiz
O bar foi fundado em outro endereço em 1887 e, em 1927, instalou-se no endereço atual. Interior em estilo art-déco. A história do bar será contada pessoalmente. Pratos frios, salsichas, rosbife, salada de batatas, acompanhando o melhor chope da cidade.
Fechado aos domingos.
Este item faz parte do Circuito Cultural Gastronômico.

Clique nas imagens para ampliá-las



A Praça Quinze, como a Praça Floriano, atrai muitos turistas, pela diversidade da arquitetura, inúmeras igrejas e ruas estreitas. São alguns atrativos desse circuito: o Paço Imperial, que era a antiga residência dos vice-reis, e abrigou temporariamente a família real, o Convento do Carmo, o Palácio Tiradentes (hoje Assembléia Legislativa), a Antiga Sé e a antiga residência de Carmen Miranda. Para apreciar o interior das igrejas, a visitação deverá ser feita pela manhã, porque a maioria delas fecha as portas no meio da tarde. Se não há interesse em visitar igrejas, pode-se fazer o passeio em qualquer horário. Por outro lado, o Paço Imperial só abre ao meio-dia e há espaço dedicado a exposições, sempre com grande público. Há dois bons locais para um café nesse circuito.

Clique nas imagens para ampliá-las




Casa França-Brasil
Primeiro registro de neoclássico na cidade do Rio de Janeiro. A Casa França-Brasil, datada de 1820, projeto de Grandjean de Montigny, foi idealizada para ser a Praça do Comércio. Fechada um ano depois, foi Alfândega e depois, temporariamente, II Tribunal do Júri. O prédio foi reaberto em 1990, como centro cultural, após convênio assinado entre o Brasil e a França.
Duração da visita: indeterminada

Clique nas imagens para ampliá-las

Centro Cultural do Banco do Brasil
Em 1922, a Bolsa permuta o prédio com o Banco do Brasil, que realiza várias reformas, ganhando mais tarde, também, outros dois pavimentos. Com a ida da sede do banco para Brasília, tornou-se desnecessário manter um edifício tão imponente na ociosidade. O prédio, adaptado para receber o Centro Cultural, abre suas portas em 1989. Abriga teatros, cinema, videoteca, exposição permanente, exposições temporárias, biblioteca, programas educativos, livraria e salão de chá.
Duração da visita: indeterminada.

Clique nas imagens para ampliá-las

Igrejas da Candelária, São Bento e Santa Rita
Três lindas igrejas podem ser vistas nesta área. As duas primeiras tiveram suas ermidas construídas a partir do século XVII e a Igreja de Santa Rita lançou sua pedra fundamental no início do século XVIII e exibe decoração interna, típica da época: o rococó.
Já a Candelária tem fachada em estilo pombalino e o interior em neoclássico, fato explicável visto que transcorreram 143 anos entre o projeto inicial e o término da obra. Foi sagrada duas vezes, e na primeira teve a presença do Príncipe Regente, D. João.
A Igreja de São Bento consegue harmonizar o sóbrio estilo maneirista da fachada, com o interior barroco e rococó. Vale a pena visitá-la e observar essa integração de estilos, que vem a refletir as mudanças pelas quais passou a cidade.
Duração prevista para a visita às três igrejas: 2h30

Clique nas imagens para ampliá-las

Beco das Sardinhas
Localizado no centro histórico da cidade do Rio de Janeiro, o local é perfeito para passar um final de tarde. A sardinha frita é o carro chefe do beco e é conhecida como “frango marítimo”, que também é nome de um dos restaurantes. Os cariocas que trabalham na região costumam ocupar o local no final da tarde, para um aperitivo rápido, ou encher o beco para uma happy hour às sextas-feiras. O teor etílico sobe, à medida que a hora avança e é sempre uma boa maneira de começar o fim-de-semana.
Tempo: indeterminado.
Este item faz parte do Circuito Cultural Gastronômico.

Clique nas imagens para ampliá-las



Circuito Cultural Gastronômico
O tour Cultural Gastronômico é uma combinação de pontos históricos e gastronomia. Nesta página poderemos encontrar três pontos de gastronomia, recomendados pela tradição histórica da cidade (vide legenda em vermelho). Há muitos outros e podemos pinçá-los dentro do roteiro escolhido, caso desejar.

Cultural Gastronomic Tour
The Cultural Gastronomic Tour is planned based on a combination of the historical and gastronomic famous places in Rio. In this page, you can see three of these gastronomic places, recommended by the historical tradition of the city. (Refer to the legenda in red). There are many others and we can pick them up within the chosen itinerary, as you wish.

Circuito Cultural Gastronómico
El tour Cultural Gastronómico es una combinación de lugares históricos y gastronomía. En esta página se pueden encontrar tres puntos de gastronomía recomendados por la tradición histórica de la ciudad (ver leyenda en rojo). Hay muchos otros y podemos añadírselos al circuito elegido, en caso que lo desee.



 Centro Histórico  Primeiro Circuito  Segundo Circuito  Terceiro Circuito
Copyright © 2009 PictureRioTours.com all rights reserved..